O Instinto Geométrico

Por: R$72,00 Parcele em 3x SEM JUROS ou em até 12x COM JUROS de 1,99% ao mês

Informações do produto

O Instinto Geométrico
O Processo Astrológico, a partir de Kepler

No ano de 1610, Kepler lançou uma tese, condenando o dogma fantasioso (da Astrologia) de que o ‘Destino’ humano está escrito nas Estrelas. Em contraposição, Kepler prenunciou o conceito (valendo na Modernidade), ou seja, o rumo que toma a existênciado indivíduo segue o molde de propensões hereditárias. Para caracterizar essas tendências inatas, Kepler serviu-se do termo ‘Instinto’.

Em complemento do raciocínio (para fundamentar a Astrologia nas Ciências), Kepler enunciou que uma matriz geométrica enreda todas as formas manifestadas no Sistema Solar, sejam, estas, minúsculos organismos ou enormes corpos celestes. Do raciocínio que relaciona a vida orgânica com a Geometria, resultou, assim, o conceito Instinto Geométrico.

O termo alude à (hipotética) relação da estrutura psicobiológica - ditos ‘Instintos’ - com o arranjo geométrico que os corpos celestes formam na constelação planetária. Eis o modelo que Kepler previu para o processo astrológico. À luz das modernas Ciências Naturais, pode ser inferido que o Instinto Geométrico relaciona fluxos energéticos de objetos desiguais e separados no espaço; no caso, organismos, na Biosfera terrestre, e corpos celestes, na constelação planetária.

Em terminologia moderna, o Instinto Geométrico atua, pois, a modo de uma interface, ligando certas funções na Genética, na Embriologia e na Astrofísica. Essa interação é mediada pela matriz geométrica - prevista por Kepler desde 1610 e, ora, estudada pela emergente Física de Informação.


Autor: Horst Ochman
Editora: Sulina
Páginas: 550
Ano: 2002
ISBN: 8520503128


tags: astrologia / kepler / história / astronomia / cosmo


Características

Dimensões da Embalagem (Largura X Altura X Profundidade): 16 x 3 x 23 cm

Peso do produto: 0,86 kg