Finis Gloriae Mundi

Por: R$23,00 Parcele em 3x SEM JUROS ou em até 12x COM JUROS de 1,99% ao mês

Produto indisponível

Informações do produto

FINIS GLORIÆ MUNDI
ou 
A Transformação Alquímica do Mundo 

Adepto da Grande Arte, Fulcanelli é sem dúvida o nome que mais tem marcado a história contemporânea da alquimia. Seus três livros pertencem ao século XX, mas sua erudição é a destilação paciente de séculos de sabedoria. As obras anteriores, O Mistério das Catedrais e As Mansões Filosofais, tornaram-se verdadeiras bíblias dos alquimistas contemporâneos.

Em 1999, Jacques d` Arès trouxe à luz um manuscrito assinado por Fulcanelli, com o título de Finis Gloriae Mundi, que causou verdadeiro furor entre os alquimistas franceses. O texto, ora apresentado pela primeira vez em língua portuguesa, é de uma erudição admirável e desvenda alguns dos segredos até hoje muito bem guardados, proporcionando além disso conselhos preciosos para os alquimistas e estudiosos do pensamento esotérico ocidental em atividade neste novo milênio.

Ampliando de forma surpreendente a compreensão de suas obras anteriores, neste livro Fulcanelli revela os segredos da Grande Arte para entender a Grande Obra: a "Chave" final sobre a transformação alquímica e o "fim do mundo" como o conhecemos.

Sobre o Autor: Fulcanelli (1839-1953) é o pseudônimo de um alquimista francês contemporâneo, autor de O Mistério das Catedrais (em 1926) e de As Mansões Filosofais (em 1930), duas famosas obras de alquimia. Desconhece-se a sua verdadeira identidade, que continua ainda hoje envolta em mistério. Há quem o identifique com Jean-Julien Champagne. Fulcanelli foi o mestre de outro alquimista famoso, Eugene Canseliet, desde 1915. Desapareceu pouco antes da publicação do seu primeiro livro e só voltou a aparecer ao seu discípulo em 1953, na cidade espanhola de Sevilha. Entre 1922 e 1923, após supostamente receber um "Dom de Deus", teria produzido a Pedra Filosofal e operado uma transmutação de cem gramas de chumbo em ouro no laboratório da fábrica de gás de Sarcelles. Além de alquimista, Fulcanelli foi engenheiro politécnico de pontes e calçadas e, durante a Guerra Franco-Prussiana (1870-1871), defendeu Paris sob as ordens do arquiteto Eugene Violletle-Duc, tenente-coronel na Guarda Nacional.

Autor: Fulcanelli
Edição organizada por: Jean-Marc Savary 
Editora: Pensamento 
Páginas: 120
dimensões: 16 x 23 cm
Ano: 2008
ISBN: 978-85-315-1548-4

Características

Dimensões da Embalagem (Largura X Altura X Profundidade): 16 x 1 x 23 cm

Peso do produto: 0,2 kg